“Um dia das Mães fora do comum para as famílias e o comércio”

O deputado Garibalde Mendonça falou na manhã desta quarta-feira, 6, do cenário que os brasileiros estão passando entre a prevenção de saúde e a economia diante da pandemia do Covid-19. Ele diz ser favorável as medidas que estão sendo adotadas para que o vírus não se alastre e provoque o colapso no sistema de saúde, entretanto, mostra reocupação com o setor produtivo que já está inoperante por mais de trinta dias.
O parlamentar revela que já recebeu todo tipo de desabafo de empresários, dizendo inclusive que há casos insuportáveis, onde não será possível sequer a reabertura de seus negócios de acordo com depoimentos de alguns desses empresários que estão com seus estabelecimentos fechados.
“Não é nada fácil ouvir a razão econômica dos empresários neste momento, quando todos devemos seguir os procedimentos determinados pelas autoridades sanitárias, inclusive, o isolamento social. São duas razões, e a garantia pela vida prevalece sobre todas as coisas. Complicado”, lamentou o deputado.
Garibalde ainda falou desta semana que estamos passando, quando será celebrado o dia das Mães no próximo domingo, e não é aconselhável aglomerações. “Eu já não tenho a minha mãe que faleceu, mas, posso imaginar como será diferente o dia para as famílias que não poderão estar reunidas para homenagear as mães. O amor existe, e o abraço será à distância”, refletiu o parlamentar, lembrando também do comércio, que tem um pico de venda alto nos dias que antecedem o dia das mães.
“O próximo domingo será “um dia fora do comum para as famílias e o comércio”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *