Saiu na imprensa:Progressista e PSB também “paqueram” Garibalde

“Valadares Filho está me ligando direto. Laércio Oliveira também quer conversar”, diz

Não é apenas o Democratas quem está abrindo as portas para o deputado estadual Garibalde Mendonça (MDB), através de um convite feito pela senadora Maria do Carmo: o Progressista, liderado em Sergipe pelo deputado federal Laércio Oliveira, e o PSB, comandado pelo ex-deputado federal Valadares Filho e pelo ex-senador Antônio Carlos Valadares, estão na lista das legendas que querem Garibalde em seus quadros. Insatisfeito com o MDB, o deputado analisa convites, enquanto encontra uma forma de deixar o atual partido sem perder o mandato.

“Vários partidos me convidaram. O último convite foi da senadora Maria do Carmo, por meio do DEM. Isso me deixou muito honrado, mas não tem nada definido. Até agora, eu não parei para pensar qual o convite que balança mais. Têm outros amigos que querem conversar comigo: Valadares Filho está me ligando direto, o deputado federal Laércio Oliveira também quer conversar… Mas, concretamente, eu conversei com o deputado federal Fábio Henrique, que me fez o convite por meio do PDT, e com a senadora Maria do Carmo”, disse Garibalde.

Ratificando sua insatisfação com o MDB, Garibalde pondera que, embora tenha o desejo de sair do partido, precisa antes conversar com o agrupamento político do qual faz parte e com amigos, que lhe acompanham, há mais de 20 anos. “Porque eu devo satisfação também a esse povo. Fiquei insatisfeito com as atitudes que foram tomadas pelo partido. Me deixaram bastante chateado. Outros partidos, vendo meu comportamento diante de tudo que está acontecendo comigo, dentro do próprio MDB, começaram a surgir os convites. Vamos analisar, até porque existe a janela partidária, tem todo esse problema das querelas judiciais. Temos que analisar com bastante cuidado e cautela, mas não tem nada definido”, explicou.

Candidatura a prefeito

Uma vez decida mesmo deixar o MDB, Garibalde dá uma dica do que pesará na escolha da nova legenda. “Há uma mudança geral no país com relação a todos os partidos – e aqui em Sergipe não é diferente. O DEM, que era aquele partido de direita, não é mais como era. O PT não é mais aquele partido que era antes. A política é muito dinâmica Temos que analisar partido por partido, quem são as pessoas que estão participando do partido. Temos que fazer uma avaliação e ver qual o melhor”, disse, prometendo decidir no segundo semestre deste ano.

Sobre mudar de partido e disputar as eleições 2020 para prefeito de Aracaju, Garibalde voltou a afirmar que não descarto a possibilidade. “De maneira nenhuma. Mas toda a minha vida política eu demonstrei que sou de grupo e gosto de estar interligado com os grupos que eu participo. Claro que sempre apoiei o melhor nome nas campanhas passadas, quando meu nome também tinha sido citado. Vamos ver, de agora em diante, como as conversas se comportam. O próprio Edvaldo Nogueira me chamou para conversar, mas eu acho que esqueceu. Ele viajou e esqueceu de nossa conversa. Ele esquece sempre. Estamos conversando com os colegas e amigos e quem sabe a gente também não possa ser candidato a prefeito de Aracaju?”, indagou.

Universo Político

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *