Garibalde: “Precisamos eleger o coronavírus como adversário de todos”

O deputado estadual Garibalde Mendonça, MDB, se declarou muito assustado com o que está acontecendo no mundo com essa pandemia do Covid-19, ainda mais com o avanço que o vírus se expande numa velocidade impressionante.
O parlamentar adverte que ainda existem muitos incrédulos apostando que não podem ser contaminados, e por isso vivem com indisciplina diante das orientações das autoridades sanitárias que estão acompanhando de perto os caminhos percorridos pelo Covid-19, e estimando que no Brasil, especialmente, o pior ainda está por vir.
“Precisamos eleger o coronavírus como adversário de todos nesse instante de muitas incertezas”. Disse Garibalde, referindo-se aos posicionamnetos adversos dos setores que estão sofrendo as consequências com o isolamento social, principalmente, a economia.
O deputado é favorável às medidas adotadas pelo governador Belivaldo Chagas e o prefeito Edvaldo Nogueira, enfatizando que era necessário endurecer inicialmente, para depois de forma gradual e bem planejada flexibilizar o retorno de algumas atividades com algumas restrições para garantir a prevenção.
“A economia é importante, no entanto, não é superior ao bem maior de todos que é a vida. Portanto, vale a compreensão, apesar dos danos, como também a discussão dos governantes com os setores econômicos atingidos para se encontrar as melhores alternativas sem comprometer o controle com o Covid-19”, Comentou.
Eleição 2020
Garibalde disse que é importante pensar na possibilidade do adiamento da eleição em outubro, e sugere que em 15 de novembro já seria mais seguro, dependendo de como esteja o controle sanitário do nosso adversário maior, que é o coronavírus.
Ele entende inclusive que não há nem clima para eleição diante deste cenário pandêmico que estamos passando. “Alguém fala sobre outra coisa, senão, o Covid-19? Acho que pode até falar, mas, nada que seja prioridade”, questionou Mendonça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *